Archive | julho 2012

Eu abracei um homem de cueca – Versão brasileira

No começo do ano eu postei aqui a ação de um grupo cristão na parada gay americana, e a repercussão foi muito positiva. Mas mês passado, novamente surgiu na minha timeline uma foto que me deixou feliz:

foto por Yohan Ignas

Entrei em contato com o Allison Tavares, de onde veio a foto, e ele me  disse que junto com um grupo cristão de Fortaleza, foi realizada a ação na parada gay da cidade. A experiência foi positiva pra todos os envolvidos, quebrar um muro de distanciamento entre Cristo e as pessoas é necessário! Esses exemplos precisam ser seguidos, e eu fico feliz de ver isso no meu país.

A ação está descrita no blog Evangelho Urbano pelo Yohan Ignas, com uma visão de quem estava lá no meio, vale a pena ler. Mas quero destacar aqui o último parágrafo que ele escreveu:

“Ao ver uma multidão perdida Jesus enxergou a oportunidade de um resgate ao invés de um diagnóstico de condenação. Ele foi para o meio dela e começou a ensinar! Sabendo disso, qual deve ser a nossa postura diante de uma multidão homossexual perdida? Essa pergunta nos leva a uma resposta assustadora, Deus nos quer no meio deles! Assim como nos quer nos meio de varias outras multidões. Nossos esforços em responder porque homossexualismo é pecado não devem ser maior do que nosso empenho de ensinar essa multidão sobre o amor restaurador de Jesus.

 Enquanto não conseguimos formatar nossa resposta em palavras, que tal falar menos e amar mais.”

Que tal amar mais?

Foto por Yohan Ignas

 

– postado por Rods.

Anúncios